Instalação errada de aquecedor pode prejudicar ruas inteiras

Data
28-11-2013
Categoria
Brasil
Tema

Problema cresceu 25% de janeiro a outubro

Um único aquecedor instalado de forma errada é capaz de interromper o fornecimento de gás em ruas inteiras. Um problema que vem acontecendo com frequência cada vez maior na cidade. Isso porque uma instalação malfeita pode causar a entrada de água na rede de gás e a consequente interrupção do fornecimento. Segundo levantamento da Ceg – Companhia Distribuidora de Gás do Rio de Janeiro, o número de ocorrências aumentou 25% de janeiro a outubro desse ano, em relação ao mesmo período do ano passado. O número de casos registrados em 2013 já supera inclusive o de 2012 inteiro.

“É um alerta para a importância de se procurar um técnico certificado ou empresa especializada para realizar a instalação correta do aparelho. Uma instalação errada pode causar transtornos não apenas para o morador do imóvel, mas para outros clientes do mesmo prédio e até mesmo de ruas próximas”, diz Christiane Delart, gerente de exploração de gás da Ceg

A Ceg alerta para a importância da instalação correta do equipamento, que deve ser feita sempre por profissionais certificados. Pode haver diferenças entre os equipamentos, portanto, é importante ficar atento aos pontos de instalação: gás com gás, água fria com água fria e água quente com água quente. Em caso de erro, a recomendação é fechar imediatamente as entradas de água e gás do seu imóvel e entrar em contato com a Companhia de Gás.

A Ceg mantém um telefone de emergência – 08000-240197 – à disposição dos clientes. O atendimento é 24 horas, inclusive aos sábados, domingos e feriados.


*Confira algumas dicas:

- Procure optar pelos aparelhos mais modernos e homologados por órgãos competentes. Eles têm acendimento automático, sensores e outros recursos que garantem maior eficiência e segurança.

- Busque o auxílio de um técnico certificado ou empresa especializada em gás. Estes poderão indicar o modelo mais adequado para sua necessidade.

- Tão importante quanto a aquisição de um aquecedor novo é a correta instalação do aparelho. A Ceg recomenda que os aquecedores sejam instalados na área de serviço.

- Se o ponto de gás existente estiver no banheiro, a Ceg recomenda que um técnico certificado ou empresa especializada em gás verifique se o local apresenta as condições ideais para instalação. O aquecedor deve ser instalado em local protegido e com ventilação adequada. Todas as informações estão disponíveis em www.gasnaturalfenosa.com.br

- A coloração da chama é uma das indicações de funcionamento correto. A chama deve ser estável e regular e apresentar coloração azulada. Chama instável e amarelada indica que os aparelhos estão desregulados ou necessitando de manutenção.

- O botão de regulagem da temperatura deve estar na posição intermediária, durante o inverno, e na mínima, no verão. Isso evita que seja preciso misturar água fria para regular a temperatura da água na saída da ducha e, assim, ter gasto desnecessário de gás natural.

- Manter as pilhas utilizadas no equipamento sempre novas. Um indicativo desta durabilidade é que a chama do aquecedor deve acender num tempo médio de 10 segundos.

- Realize a limpeza periódica da ducha, para eliminar impurezas provenientes da rede de água da rua.

- Evite deixar a chama piloto dos aquecedores ligada se não estiver usando os equipamentos. Para o caso de equipamentos automáticos, o aquecedor desliga-se automaticamente ao fim do banho.

- Todos os aquecedores instalados devem ter uma chaminé em conformidade com a indicação de seu fabricante e normas de segurança vigentes. A chaminé é responsável pela condução dos gases resultantes da queima do gás.

- Em caso de ausência prolongada, feche os registros dos aparelhos.