Gás Natural: Uma energia azul, para um mundo também azul

Data
01-02-2013
Categoria
Brasil
Tema

Empresas apostam na sintonia do energético com o meio ambiente.

O uso do gás natural na região vem crescendo, ano a ano, o que, além de modernidade, segurança, conforto e economia, representa também ganho em qualidade do ar e de vida à população de toda a região.
Segundo dados do IPCC de 2006 (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas), órgão de dados das Nações Unidas, o gás natural é o combustível que menos emite dióxido de carbônico (CO2), eliminando 56,1 kg/GJ do composto na atmosfera. Entre os mais poluentes, estão: gasolina (69,3 kg/GJ), óleo diesel (74,1 kg/GJ) e resíduo de madeira (112 kg/GJ) (Acompanhe comparativo completo, abaixo).

O consumo de energias ecologicamente corretas já é uma cultura em Sorocaba e região. Há quase 13 anos, antes da obtenção da concessão para a distribuição do gás natural canalizado pela Gas Natural Fenosa, pouco se falava sobre esse tipo de energia. Porém, novos hábitos de vida foram sendo incorporados pela população, que passou a conhecer e comprovar os benefícios do gás natural.
Essa mudança de consciência projetou a região no cenário gasista nacional, tornando a Gas Natural Fenosa a 3ª maior empresa do país em número de clientes (mais de 38 mil) e em infraestrutura de distribuição (acima de 1,3 mil km). Atualmente, a empresa conta com 36.765 clientes residenciais, 1.035 comerciais, 201 industriais e 27 postos de distribuição de GNV (gás natural veicular) nas 16 cidades onde já opera: Sorocaba, Itu, Salto, Votorantim, Tatuí, São Roque, Mairinque, Araçariguama, Laranjal Paulista, Porto Feliz, Boituva, Cerquilho, Alumínio, Cesário Lange, Iperó e Itapetininga.
O consumo de gás natural, assim como a captação de clientes, vem crescendo, mês a mês, na região. As vendas médias estão na casa de 1,5 milhão de m³, por dia. As mais de 200 indústrias que utilizam gás natural na região estão contribuindo para a preservação ambiental, diminuindo, significativamente, os índices de emissão de poluentes no ar. O Grupo Gas Natural Fenosa é a maior companhia integrada de gás e eletricidade do mundo, com mais de 20 milhões de clientes em 25 países e 18 mil colaboradores. No Brasil, a companhia é líder em vendas de gás natural e está entre os top 100 grupos empresariais.

Unimed Sorocaba e Toyota optam pelo uso do gás natural

Para a gerente de responsabilidade sócio-ambiental da Unimed Sorocaba, Patrícia Bezerra, a utilização do gás natural no hospital da rede foi muito favorável. “A Unimed Sorocaba optou pela utilização do gás natural, desde 2003, por algumas razões: é uma energia ambientalmente correta e isso vai ao encontro de nossa política. As demais são a segurança e o conforto. O gás natural não precisa ser estocado e nos traz tranquilidade em relação ao fato de ser canalizado, com fornecimento contínuo. Por ser mais leve que o ar, dissipa-se rapidamente na atmosfera, o que, para um ambiente hospitalar, é fundamental”, afirmou Patrícia.
“O gás natural é fator determinante para a vinda de novos investimentos a Sorocaba e região”, destacou Armando Laudorio, Diretor-Geral da Gas Natural Fenosa.
A unidade industrial da Toyota em Sorocaba, que já foi concebida, desde o projeto inicial, como um empreendimento ecofriendly, também aderiu ao uso do gás natural em seus aquecedores, empilhadeiras, rebocadores e estufas. Para Thiago Sugahara, de Assuntos Governamentais da Toyota, as vantagens do uso do gás natural também se encontram na comodidade e segurança do fornecimento contínuo, via tubulação.
GNV - Além dos benefícios ambientais, o gás natural veicular (GNV), utilizado nos carros, também é vantajoso para o bolso. Abastecer o veículo com R$ 50 de GNV, por exemplo, permite que o motorista rode quase 400 km, em média, na região. Com o mesmo valor, mas utilizando gasolina ou etanol, o veículo percorre quase a metade, apenas.
Estilo de vida semelhante ao das capitais mundiais - Segundo dados da Gas Natural Fenosa, cerca de 25 mil residências na região já utilizam aquecedores de água a gás natural. Esses lares mudaram seus hábitos de consumo, ganhando um verdadeiro banho de conforto e consciência.
Os benefícios da utilização de um aquecedor de água a gás são muitos: temperatura ideal e constante da água, ducha abundante, fácil regulagem, entre outros. O mais sensível ao consumidor, porém, ainda continua sendo a economia.

Verifique, abaixo, comparativo de gastos entre uma ducha a gás natural e um chuveiro elétrico:

Chuveiro elétrico (5 kw)
5 kw/dia* x 30 dias = 150 kw/mês
Total a pagar (mês)
150 kw/mês x R$ 0,4353** = R$ 65,30/mês
*Tomando como base tempo médio de banho para 4 pessoas, por dia (1 hora). **Tarifa elétrica/kw e consumo de 300 kw/mês, com ICMS.

Aquecedor de água a gás natural (7,5 litros/min)
0,575 m3* x 30 dias = 17,25 m3/mês
Total a pagar (mês)
17,25 m3/mês x R$ 2,6532** = 45,76/mês
*Tomando como base a vazão do aquecedor (0,45 m3/h) e tempo médio de banho para 4 pessoas, por dia (1 hora).** Referência janeiro de 2013, com ICMS.

ECONOMIA MÉDIA DO AQUECEDOR A GÁS NATURAL, POR MÊS = 30%

Entenda o que é o gás natural?
É uma energia de origem fóssil, que se encontra no subsolo e procede da decomposição da matéria orgânica existente entre as camadas rochosas.
É incolor, inodoro e não tóxico, além de ser mais leve que o ar. Isto o confere segurança, pois, caso escape, dissipa-se rapidamente na atmosfera. É formado por uma mistura de hidrocarbonetos, sendo o gás metano o de maior proporção.
Possui a queima mais limpa dos combustíveis fósseis.